Degustando o verbo

A história se repete: jovem do sul ataca nordestinos com preconceito

Vai entender. O Brasil acompanhou o fiasco que foi a gracinha da estudante de Direito Mayara Petruso após a última eleição presidencial. Mesmo assim, a história se repete e agora Pamela Tatiana é a venenosa da vez. De Santa Catarina, em seu Twitter (que, aliás, ela acabou de excluir), a jovem diz que nordestino não faz nada e que poderia continuar na escuridão, referindo-se ao apagão de ontem.

 

Print tirado pelo amigo @rogeriotomazjr

É! muchacha, adora falar mau, mas não perde a oportunidade de passar férias lá. Repúdio a essa estupidez egoísta e mesquinha. Gente assim, não merece meu respeito! O pensamento nas regiões sul e sudeste permanece o mesmo, tenho certeza de que se pudessem, pediriam independência da República Federativa do Brasil só para não compartilhar da existência da região Nordeste, que sem dúvidas tem as pessoas mais agradáveis e trabalhadoras deste país.

Sabem o motivo pelo qual me indigno tanto com esse preconceito rídiculo? Meu pai é nordestino, trabalha desde os 8 anos de idade e aos recém completados 71 anos vende disposição a muito jovem sulista por aí ao trabalho. Sei que como ele há milhões de nordestinos e de outros brasileiros. Aí me vem essa filhinha de papai dizer que nordestino não faz nada, ah, faça-me o favor: se não tem o que falar, permaneça calada, ora!!!

 

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s