Degustando o verbo

Com todo respeito, vossa excelência é o c*lho

Final de quadriênio é sempre assim: debate e mais debate sobre a remuneração dos parlamentares da próxima legislatura. Ao final da 53a legislatura desta Casa, a Câmara dos Deputados, a proposta é que os deputados ganhem equivalente ao maior piso do funcionalismo público. Que seus salários de R$16,5mil aumentem para R$26,7mil o que significa 62,5% de aumento. O quê isso Brasil? Pode isso, Arnaldo?

Para começo de conversa, apesar de entendermos que é um ato constitucional a presente legislatura deixar definido o piso dos parlamentares da próxima, os dignos representantes do povo estão deixando diversos projetos de interesse público e social de lado para priorizar o próprio lado. O fator previdenciário dos aposentados assim como a PEC 300 dos Policiais e Bombeiros foram deixadas para depois enquantos milhares de brasileiros ficam na dependência da sua votação e de outros projetos.

Tudo bem, isso aqui é um parlamento, uma Casa de debates, tem que discutir bastante antes de votar. Claro, claro! Entendemos! Continuamos nascendo e morrendo esperando por isso, sem problemas.

Só que, enquanto os senhores resolvem se R$267mil é suficiente para remunerar seus serviços prestados à esta sociedade, o trabalhador que rala de sol a sol para pagar o aluguel, alimentar e dar educação ao menos digna aos seus filhos, ganha 53 vezes menos que isso. R$510 é o mínimo que boa parte da populacão recebe para sobreviver. E é pouco, convenhamos! Apesar dos aumentos que o salário mínimo recebeu nos últimos anos ainda é pouco. E foram aumentos que sairam como um parto complicado. Foi difícil, aos poucos, gradativo. Mas, quando é para vossas excelências resolverem a questão dos seus próprios salários o aumento é daqui para ali, quase o dobro!

Já considero R$16mil de remuneração excessivo, já que tem muito parlamentar que não tem nem graduacão e vem aí o Tiririca um “quase analfabeto” recebendo isso, muito mais que uma pessoa graduada ou até pós graduada recebe nesse mercado do mundo cão que temos aí fora. Claro que formação não está diretamente relacionada com boa atuação de um parlamentar, mas já que na disputa profissional fora da politicagem de vocês somos avaliados e remunerados de acordo com nossa qualificação e competência profissional, o mesmo deveria ocorrer com vossas exclências. Isso sim, seria justo!

Até porque, os senhores não tem despesas reais. Ao ser diplomado e sabatinado nesta Casa, o parlamentar recebe auxílios que por si só excedem e muito o salário do trabalhador comum.

Vejamos o que um parlamentar federal ganha atualmente:

  • Salário médio: R$ 16 mil
  • Auxílio Moradia: R$ 3 mil
  • Verba Indenizatória (despesas de gabinete – lápis, papel, funcionários): R$ 15 mil
  • Passagens aéreas: R$ 4,7 e R$ 18,7 mil
  • Líder de Bancada e Vice Líder, Presidente ou Vice Presidente receberão comissão permanente de R$ 5.513

E saibam, o salário dessa galera já foi reajustado em 28% há menos de 3 anos. Imaginem se a cada virada de legislatura o salário deles aumentar em 62,5% e ainda durante a legislatura mais 28%?

E deixo por fim, as palavras sábias de um dos poucos parlamentares que admiro dentro desta Casa:

Por que tem de equiparar [aos vencimentos dos ministros do Supremo]? Nossa remuneração permite um bom exercício do mandato. Mas parece que tem coleguinhas que não pensam assim… (Chico Alencar – PSOL/RJ)

Se ao menos todos eles fossem dignos de tantas verbas…

Anúncios

3 comentários em “Com todo respeito, vossa excelência é o c*lho

  1. A questão é: qual a justificativa de produção? Somadas as políticas públicas, o povo brasileiro recebeu proporcionalmente, ao menos, 50% de melhorias? Sério gente, indefensável.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s