Prosa e outras autorias

Extravasando por @dharanabastos

Nunca tinha ficado mal ou sequer tinha dado importância maior para esse fato. Mas ontem a bomba estourou e acordei pra vida e decidi falar, gritar minha indignação.
Você passa a vida toda se aperfeiçoando, aprendendo línguas, culturas, contos e histórias. É legal com todo mundo, mostra seu melhor sorriso, é um excelente profissional. Mas pra que? Pra no final alguém jogar na sua cara: Não tem problema sabe, mas é porque você é GORDA(O).  Pronto, tapa na sua cara.
Você aí pensando que era uma boa pessoa, que todos gostavam de você, vem uma pessoa e fala aquilo que a maioria quer falar. Tipo e aí cara? Cadê todas as minhas especializações, cadê a parte de quem eu sempre fui uma pessoa legal pra todo mundo?
Você foi reduzido a isso meu amigo, nada do que você aprendeu, mostrou, fez, falou, faz diferença.  Você foi julgado pelo seu físico. E nada mais parece fazer sentido.
E o pior é que ouve isso de uma pessoa por quem tinha a maior admiração do mundo, da pessoa que você sempre falava, brincava, defendia, elogiava.
E aí que vem a pergunta: Pra que todas as coisas que eu fiz? Por que tantas horas na frente do computador aprendendo sobre as novas tecnologias, as novas tendências? Pra que todo o aperfeiçoamento?
Sociedade de merda. Limita-se a julgar as pessoas só pela “carcaça”.
Aí depois vemos na televisão diversos programas pra saber lidar com depressão, considerado um mal desse século. Por isso tanta gente procura psicólogos, psiquiatras, e eu nem tiro a razão delas. Você tem que ter uma puta de uma estrutura emocional pra agüentar a sociedade te julgando e te impondo coisas que você nem sempre consegue fazer.
Por isso existe tanta gente nas mesas de cirurgia tirando fora um pedaço do seu corpo pra ver se emagrece. Por isso tanta gente comprando remédio irregular e tendo distúrbios alimentares. Por isso tanta gente se matando.
Que porra de lugar é esse que tudo o que você é não importa mais se não segue o “estereótipo” correto?
Uma vez em uma aula, eu perguntei uma coisa a um professor e um maluco vira e fala: cala a boca sua gorda, sabe de nada. Esse povo gordo só fala merda. Calmamente eu fui até ele e falei: Beleza, eu calo a boca, mas combinamos assim, amanhã você me mostra onde está escrito que gordo não pode falar ok? Aí eu fico caladinha nas aulas. Pronto, ficou mudo, sem reação e todo o resto da sala zoando o cara.
Mas até quando vamos ter que lutar por isso? Lutar por respeito?
Outro caso: uma senhora que trabalhou comigo, tem uma super carreira, graduação, diversas pró-graduações, fala não sei quantas línguas e já visitou quase todos os países. E louca pra ser mãe, adotou um filho, e por quê? “Porque eu nunca achei um homem que enxergasse além das minhas gorduras a mais” palavras dela.
É deprimente saber que eu vivo numa sociedade assim, e pior, que sou condicionada a minha aparência física e nada do que eu faça, aprenda, transmita, para algumas pessoas simplesmente isso cai por terra.
Mas o pior de todos os piores: é que você sabe que isso NÃO vai mudar. Vão continuar aparecendo pessoas que podem não te falar, mas estarão pensando essas coisas. E vão aparecer aquelas que vão sim te jogar na cara: olha você é uma pessoa massa sabe, mas bem que podia emagrecer.
Eu vou emagrecer no dia que EU quiser e se a mim, isso for importante. Sociedade nenhuma vai me dizer qual a hora certa pra fazer nada. Com o tempo aprendi a canalizar as minhas emoções e sempre que alguém me vinha com uma dessa, eu zuava e levava numa boa, mas sabe a hora que enche o saco? To na fase de, faz um favor? Guarda seu comentário idiota pra você.
Eu tinha que terminar esse texto com um gigantesco palavrão, mas sabe, eu sou uma Lady PORRA, como diz minha amiga Alessandra (@Atavora). E não vale a pena mostrar para as pessoas sem cérebro o por que delas estarem erradas. Não vão mudar. Vão continuar sendo as mesmas pessoas insignificantes que são.
E tenho dito.
Pronto, extravasei, voltemos à programação normal da vida.
Esse texto foi escrito por Dharana Bastos, que é estudante de Jornalismo e muitíssimo minha amiga.
Anúncios

12 comentários em “Extravasando por @dharanabastos

  1. Dharaninha, nao fique assim. De qualquer forma, extravasar é bom, mas dê valor somente a quem dá valor a você, DO JEITO Q VC É. Essas pessoas que julgam pela aparência têm, no mínimo, dois problemas sérios: o primeiro é que devem se achar muito lindos, deuses da perfeição, pra se acharem tao superiores assim baseados em aspectos físicos. E o segundo problema é a falta de evolução mental, cerebral. Um dia, pode até ter sido que os mais em forma fossem superiores, pois podiam caçar melhor, tinham menos chances de serem pegos pelos predadores e tal (to falando do tempo das cavernas, claro). Acontece que já passamos MUUUUITO dessa época, e hj em dia as pessoas se destacam por sua capacidade, conhecimento e principalmente por praticarem o bem.
    Fica fria que um dia você vai ver onde isso vai parar: um merda desses, com seu corpo tão idolatrado, vai estar careca aos 30 anos, pançudo e dando aula de educação física em algum colégio qualquer. Você, com sua dedicação ao estudo e boa cabeça q tem, vai estar onde quiser, seja qual for o corpo q vc tiver na época. Força e bola pra frente! 😉

  2. Independente da casca que nos envolve, somos belos por natureza. Seres pensantes que com mais ou menos capacidade intelectual vamos levando à vida. Às vezes, cometemos erros – alguns irremediáveis. Mas é a nossa natureza. Tenho certeza que o nosso amiguinho se arrependeu de tamanha falta de sensibilidade e diria ainda, de respeito. Mas, amiga, somos o que somo e o que fica não é a embalagem que nos reveste, mas a nossa história. Amiga, você é especial demais para muitas pessoas. Principalmente pra mim, que em tão pouco tempo conseguiu se mostra leal, sincera, sempre disposta a nos confortar e ajudar. Você é bela, belíssima e o seu sorriso o seu cartão de visitas – não deixe que ele se apague por bobagens como essas. Você é muito mais que qualquer rotulagem. Amo tu, tatu!

  3. Mulher, ainda tô perplexo com o idiota da sala de aula. E tudo que eu diga aqui acerca do tema será redundante.

    Mas tenho certeza de que seu papel no mundo se faz valer quando extravasa, como agora.

    De qualquer forma, faça a vida pulsar também quando contra ti usarem tais pejorativos novamente. Fale, com educação: por favor, queira ir tomar no cu.

    Beijocas, linda.

  4. Texto maraaaa… Parabéns a Dharana por nos levar à uma reflexão diante de assuntos tão complexos. E realmente, é indgnante viver numa sociedade como esta, falta muita evolução.

  5. Olha, entrei nessa história um pouco de pára-quedas, mas fiquei perplexa pela repercussão. É fato que preconceito é o que acaba fazendo desse mundo um lugar ruim, mas nunca tinha visto um texto falando sobre preconceito tão carregado de preconceito – sem contar alguns comentários acima. Acredito que devemos ser felizes com o que temos – se você se orgulha tanto com sua formação, por que se importou tanto com o que um cara disse sobre seu sobrepeso…? Sério, uma pessoa que tenha o mínimo de inteligência emocional jamais se deixaria abalar por um comentário idiota desses… Sou dentuça, usei óculos fundo de garrafa, jamais serei padrão de top model mas, realmente, nunca me incomodei com isso. Até porque eu sempre consegui me sobressair com minha cabeça pensante – coisa que imagino não deva ter conseguido já que a única importância que o cara deu foi para seu peso… Ilumnine-se ao ponto de entender que se é o que se é e procure homens que condizam com o que você espera – não existem pessoas perfeitas, existem buscas condizentes. E prestem atenção ao que expõem – o preconceito está dentro de nós…! Se quer lutar contra isso, olhe primeiro pra si!! Aliás, duvido que você tenha a mínima noção do que seja isso! Ilumine-se garota!! Cresce!! Se acha que já estudou bastante, não tem ideia do quanto mais precisa aprender sobre a vida!! Pronto, extravasei!!

  6. Dharana,

    amei o post, assino embaixo, muitas vezes me sinto do mesmo jeito, é preciso reunir todas as forças do nosso ser pra subir no salto e passar por cima disso. Mas tb quero responder a Camila Barros que no seu comentário se diz dentuça e usa óculos fundo de garrafa, olha, me desculpe, meu rosto é bonito, sou muitas vezes elogiada por gente que acho bacana e inteligente por ser igualmente inteligente e bacana, consegui pela minha inteligência mesmo coisas muito boas e desejadas por muitas pessoas. Mesmo gordinha e agora gorda, incrivelmente não tenho problemas com homens ou sexo, no entanto a sociedade trata mal , muito mal MESMO os gordos. Somos olhados com desprezo da cabeça aos pés, nós mulheres mais jovens temos muita dificuldade pra acharmos roupas bonitas e para nossa idade, homens preferem muitas vezes a morte a apresentar uma namorada gordinha e isso NÃO é coisa da minha cabeça, só digo o que ouço e observo, mas por não ser gorda vc não tem como saber, não tem como sentir na pelo o preconceito velado que eu e a Dharana e muitas outras sentimos, e por mais que a gente seja bacana e inteligente dói sim, e admitir isso é um grande passo. ah e pq não emagrecemos então? ahhh se fosse fácil assim….

  7. Cara Sra Camila Barros, vc nem conhece, não sabe do que está falando. Isso aqui é um blog e eu me expresso aqui, da forma que eu quiser 😉

  8. Cara, sem contar que sobrepeso não é uma coisa saudável. Eu sou personal trainer e um dia caí no erro de comentar sobre o peso de uma aluna. Foi com aa melhor das intenções, falei no sentido de ajuda-la, mas ela levou pro lado pessoal. Quase fui demitido do local onde trabalhava e tive que me desculpar pessoalmente.

    Sério mesmo, se vc se sente à vontade com seu sobrepeso, vc nem deveria ter dado ouvidos a esse cara. Se isso ficou martelando na sua cabeça a ponto de vc ter que extravasar em forma de texto, então talvez vc não esteja tão confortável com sua condição.

    Eu digo isso por experiência própria, esse é um assunto bem delicado. Se o cara é seu amigo, talvez ele estivesse querendo te ajudar e vc nao percebeu. Agora esse idiota da sua classe, esse sim é o tipo de pessoa que não merece qualquer atenção, apenas ignore-o.

    Pra finalizar, sobrepeso não é só estética, é problema de saúde também. Vc nunca deveria deixar pra se cuidar depois, ou como vc mesmo escreveu, quando vc quiser ou se quiser. Não lhe conheço mas saiba que obesidade é um problema sério e pode até matar.

    Espero ter ajudado, ótimo texto.

  9. Esse #mimimi de que pode matar e bla bla bla. Beleza gente, nós gordos sabemos de todos os riscos que envolvem ser assim, mas sabe porque falam que é fácil? Pq vcs não são. É muito fácil eu dizer pra um cara que perdeu um filho: olha vai passar viu, ele tá num lugar melhor. Vc conhece a dor do cara?
    Obrigada a todos que estão apoiando meu texto.
    Infelizmente não foi só por uma pessoa ter falado, mas já vir de muito tempo essas coisas.
    E realmente eu quero respeito e se eu pudesse escolher, com certeza seria magra, não é mais fácil? A sociedade não te julgaria tanto… mas aceito ser assim e vou mudar, mas quando eu realmente quiser..

  10. Sempre me chocam essas expressões preconceituosas de determinadas pessoas. Quando a Elenita foi para o BBB (ela foi minha professora na universidade) eu percebi o quanto as pessoas são ótimas em julgar e condenar as outras. Triste. As pessoas começaram a estereotipar aquela mulher inteligente que eu conheci pela quantidade de peso que ela tem. Eu acho que há tanto mais importante que estética. Eu não tenho nenhum saco para conversar com uma pessoa linda que não tem nada a dizer, ou que não sabe o que diz. E beleza é tão relativo. Conheço pessoas muito bonitas fisicamente e que são pessoas tão ruins que se tornam feias. E vice-versa. É de dar pena que as pessoas ainda acreditem que ser magra é sinônimo de alguma coisa. O estranho é que o preconceito é tão enraizado que mesmo as pessoas que correspondem a esse padrão estético estúpido imposto pela sociedade sofrem preconceito. Eu acho que a gente tem mais é de colocar a boca no mundo mesmo! Parabéns por ter feito isso.

    Beijos.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s