Degustando o verbo

Tá bom que existe imparcialidade jornalística – este artigo mesmo não é nada imparcial

Fazer uma análise de interesses dentro de um mesmo jornal é tão simples quanto preparar um copo de leite em pó. Pena que nem todo mundo consiga ler e perceber as entrelinhas instauradas. Creio mesmo na idéia de que não existe um Jornalismo imparcial e uma Imprensa Livre – esta defendida ontem por William Bonner durante a entrega do Prêmio global “Os Melhores do Ano”. A Imprensa deixou de ser livre faz tempo!

Existe uma mordaça na fala daqueles que seriam os responsáveis por levar à população a percepção mais realista possível dos fatos. A ditadura e a censura à Imprensa começam dentro dos grandes veículos que agora determinam o que será noticiado e a maneira com a qual isso será feito de acordo com os interesses próprios. Bem vindos à sociedade cada vez mais capitalista e elitista!

Não há na História desse país um governo digno de ser considerado o melhor de todos, mas convenhamos que durante o governo Lula, muita coisa melhorou, principalmente para aqueles que se encontravam nas classes sociais mais baixas da nossa sociedade. O Nordeste deu uma bela evoluída. Não podemos dizer que está tudo resolvido – aliás, estamos bem longe disso, mas os avanços econômicos e sociais puderam ser vistos pela primeira vez nessa região.

As regiões sul e sudeste, e por que não incluir o Distrito Federal do Centro Oeste, sempre foram privilegiadas em todos os governos. A distribuição de renda é muito desigual e pela tendência egoísta da minoria poderosa, continuará sendo. A briga pelo pré-sal é clara nesse quesito. “Nós produzimos e todo o investimento se voltará para nós”. Mas, os governantes de estados como Rio de Janeiro e Espírito Santo esquecem que para fazer uso do pré-sal é preciso investimento e esse investimento não parte só dos estados litorâneos não. O povo brasileiro é sobrecarregado de impostos que são destinados para “melhorias” em todo o Brasil. Nada mais justo que esse investimento se volte para as regiões mais necessitadas. Temos que nos aproximar da igualdade social e não arrumar meios para que ela se abranja mais.

Isso tudo é para dizer que, o jornal O Globo – detentor de interesses voltados para o eixo Rio-São Paulo – não fez questão alguma de esconder o lado de quem está na disputa eleitoral pela Presidência da República.  Enquanto Noblat fazia críticas às falácias do Presidente Lula, na página seguinte, a matéria fazia do PAC (Programa de Aceleração do Crescimento) um mero instrumento da candidatura de Dilma e que as obras não estão acontecendo. Como não?! A tal obra da linha verde na EPTG (em Brasília) do governador Arruda só está em andamento porque é financiada pelo PAC. O investimento existe e as obras também!

Ah! Mas nas matérias que tratavam da candidatura e da governabilidade de José Serra, tudo era mais brando, como se o governo de São Paulo trabalhasse com perfeição. Esqueçamos então as recentes enchentes, os inúmeros mortos, as centenas de desabrigados, o alto índice de poluição e as horas intermináveis em engarrafamentos. Os paulistanos devem saber disso melhor do que eu, residente em Brasília.

Diante das acusações ao governo Lula e a passada de mão na cabeça do governo Serra, questiono onde estaria a tal imparcialidade jornalística, os dois lados da moeda? Meus caros, de fato não existe mais, se é que algum dia existiu.

Anúncios

2 comentários em “Tá bom que existe imparcialidade jornalística – este artigo mesmo não é nada imparcial

  1. Como ser parcial no jornalismo? Não sei a resposta. Acredito haver necessidade de imprensa ser bem tratada. O Presidente Lula vive reclamando da imprensa basta que publique algo que não lhe agrada. Não vejo Lula dar entrevistas coletivas aos jornalistas. Quando se deseja bom tratamento é preciso reciprocidade.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s