Poesias · Prosa e outras autorias

Trânsito amor

(by Hellen Tôrres)

Amar, verbo intransitivo que transita

Dentro do peito, da alma, de todo ser meu.

Ser seu é de grande estima minha

Junto a essa agonia do ser seu não querer o meu eu

Pra que tanta indiferença?

Pra que tanto desamor?

Pra que tanta dor?

Não me dizes que é falta de trânsito livre…

Por que este tu tens, e o sabes que tem!

Transita livremente dentro do peito, da alma e de todo ser meu.

O que faltas a ti é o mais puro e verdadeiro amor.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s