Poesias

Quem sou eu

Sou o próprio ego à flor da pele.
A ruína de alguém que você não pode ver.
Medo e delírio de mãos dadas.
Sou fada, safada, sem nenhum poder.
Mas sou sã de tudo…
A felicidade por você estar no meu mundo.
Um mundo que não sei… e imundo;
Um você que desconheço, mas desejo à cada segundo.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s