Poesias

Experience

Medo era algo tão meu
que – forte – ficou,
me arrastando contra o eu
que desejava o que outro cortejou.

Livrei-me dos meus malefícios,
certa de que não os teria mais,
sã de todos os desperdícios
da minha alma tão fulgaz.

Tremia o corpo
e me perdia,
sorrindo em gozo
de alegria.

Já não era mais medo
do que iria provar,
mas angústia do desejo
de dali não retornar.

As cores dançavam
tão bonita sinfonia
e os meus membros acompanhavam
o ritmo da melodia.

Quanto mais eu me embebia
do valor antes não tocado
mais feliz eu sentia
o ambiente harmonizado.

O amor que dantes era
simples fruto do pecado
ficou ainda mais forte
em desejo cominado.

Quando relapsos da realidade eu tinha,
na incessante sintonia
mais certeza da verdade me convinha,
em meu ser só de alegria.

E eu era terra,
água, fogo e ar também
toda aquela atmosfera
que me fazia tão bem.

O caminho que seguia
Era belo e envolvente
Sugerido pela Virgem Maria
Numa voz enloquente.

Esse ensinamento
pela vida vou levar,
pois foi merecimento
que não dá para comprar.

Eu agradeço toda essa sensação,
que o meu Pai me colocou
dentro do meu coração.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s